Deus, o Criador

By domingo, maio 20, 2012 ,





“Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, tu que puseste a tua glória dos céus! Da boca das crianças e dos que mamam tu suscitaste força, por causa dos teus adversários para fazeres calar o inimigo e vingador. Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Contudo, pouco abaixo de Deus o fizeste; de glória e de honra o coroaste. Deste-lhe domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, as aves do céu, e os peixes do mar, tudo o que passa pelas veredas dos mares. Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra!” (Sl 8)

Deus é o Criador de tudo e de todas as coisas. Ele é o nosso modelo de criação e de organização. Nada escapa aos Seus olhos. Nada, nem você. Deus vê tudo e sabe quando eu estou sendo fiel ou infiel. “Os olhos do Senhor estão em todo lugar, vigiando os maus e os bons.” (Pv 15:3).

Muitas vezes os nossos conceitos de fidelidade e de organização não são os dEle. "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor." (Is 55:8)

Deus criou os Céus
Deus criou os céus e neles colocou hierarquias: anjos, arcanjos, querubins e serafins. E, para cada uma dessas hierarquias, delegou tarefas. Os anjos sabem o que fazer, assim como os arcanjos, querubins e serafins. Cada um deles tem uma instrução debaixo da orientação divina.

Deus criou o Universo

Deus criou o Universo. Os astros não se chocam uns nos outros porque há uma organização que foge ao entendimento humano. Porém, nós sabemos pelo Salmo 90 que o Senhor é o Criador de tudo. Ele criou todos os mundos e cada um deles é sustentado pela Sua palavra de poder (Sl 74:17 / Sl 148:1-6 / Hb 1:3).

Deus criou a Terra

O Senhor criou a Terra e estabeleceu limites, regras e orientações para que o Planeta fosse habitável e não fosse destruído. Deus deu comandos ao homem para administrar a Terra. Para isso, temos autoridade nos planos físico e espiritual. No físico, temos domínio e governo sobre todos os animais. No espiritual, dominamos o réptil que se arrasta sobre a Terra, a Serpente (Gn 3:1).

Apocalipse 20:2 diz que a antiga serpente é Satanás, que virou dragão, alimentando-se do pó, ou seja, da carne, do pecado de homens que poderiam dizer não ao diabo, mas deram comida para ele. Entretanto, se depender de nós, mataremos a serpente de jejum, porque não iremos alimentá-la.

Deus criou o Éden

Ao criar o Éden, Deus colocou nele o homem e o responsabilizou por tudo que acontecesse ali. O Éden era apenas um jardim e, segundo arqueólogos, era maior do que a atual Turquia. Só é possível administrar algo feito por Deus com um poder sobrenatural, mas o pecado fez Adão perder o posto e ser expulso do trabalho.

No pecado, perdemos a força de administração pessoal e coletiva. Falo de pecado generalizado, pois não se peca só pelo que se faz, mas pelo que se deixou de fazer: “aquele que sabe fazer o bem e não faz, comete pecado.” (Tg 4:17).

Deus criou o homem

Deus criou o homem, a coroa da criação. A Bíblia diz que o homem é a coroa da criação, feito um pouco menor do que Elohim, que o encheu de glória e honra (Sl 8). Ele foi criado para ser o embaixador de Deus (II Co 5:20), representar um governo em outro país com a autoridade de governante. Como embaixador do Reino de Deus, o homem representa a causa do Pai na Terra.

Nascemos em um reino biológico e espiritual e dentro de nós há uma sede da embaixada de Deus, onde mora o Espírito Santo (Ef 1:13), que nos leva a toda a verdade e nos fará lembrar de tudo quanto Jesus nos ensinou (Jo 15:26).

Deus criou o Seu povo e o organizou

Os Patriarcas - Abraão, Isaque e Jacó. Quando Deus organizou as gerações, marcou a primeira geração como de patriarcas, porque eram responsáveis para gerar. Seriam reconhecidos como homens de autoridade, que iniciariam outras gerações.

Os Profetas. Depois dos patriarcas, Deus organizou os profetas. O ministério profético nasceu oficialmente em Elias (I Rs 17 e II Rs 1 a 10), e foi cheio de unção, poder e sabedoria, pois o profeta tem o crédito de Deus na boca.

Os Sacerdotes. Deus organizou sacerdotes para ratificar e executar a palavra que havia sido liberada pelos profetas. O povo não poderia viver só na palavra ouvida e não operada. O que o profeta diz, o sacerdote executa. Samuel, além de ser profeta e juiz, tinha poder para dizer se o rei continuava ou não no trono.

Os Reis. Deus organizou reis com poderes para orientar politicamente o povo e tirá-lo do sofrimento. Ele queria deixar a Terra organizada politicamente, com base no pensamento do Reino dos Céus, uma visão do céu na Terra, para que o povo não andasse segundo qualquer pensamento nem estabelecesse sua própria vontade.

O rei deveria conhecer a vontade de Deus e estar em consenso com os sacerdotes para trazer cura para o povo, e em consenso com os profetas para não perder a direção do céu para a Terra.

A nação. Dentre todas as nações da Terra, Deus chamou uma pelo nome: Israel. Nenhuma outra nação teve o nome dado por Deus. Ela começou num lugar chamado Sucot (tenda, tabernáculo), por Jacó, que teve seu nome e sua identidade mudados (Gn 32:26-28).

A liderança – de Abraão a Josué. Deus organizou a liderança de Abraão para entrar em Canaã. Organizou uma liderança de saída do Egito por Moisés e uma liderança de entrada na Terra Prometida por Josué. Sair é importante, mas o fundamental é chegar.

As tribos. Para que o povo ocupasse o território, já deveriam entrar com as tribos organizadas, sem bagunça, sabendo o lugar para onde cada uma delas iria. Ninguém pode pensar num território lá na frente sem organizar a entrada antes e sem saber qual território ocupará.


Deus organizou o caráter de um povo
Jacó/Israel (Gn 32:28). Jacó saiu da sua terra, mas a conquistou de novo como Israel. Muitos perderam empregos, empresas, tanta coisa, porque eram "Jacó". Com um caráter enfermo não será possível conquistar o que Deus deseja lhe dar.

Simão/Pedro (Jo 1:42). Enquanto Pedro era Simão, Deus não lhe entregou a promessa nem as chaves do Reino. Deus mudou a vida de Simão – homem instável, desequilibrado, para Pedro – rocha.

Saulo/Paulo (At 9:1-9). Saulo, o maior perseguidor da Igreja, quando se converteu, transformou-se em Paulo, o maior evangelista apóstolo da história. Na cadeia, escreveu mais cartas às Igrejas do que todos os outros que estavam soltos, deixando livros que são base teológica para todos nós.

A multidão. Deus organizou as multidões para que os milagres acontecessem. Primeiro em grupos de 12 (Lc 6:12) e em grupos de 50 e 100 (Lc 15:3-7). Muita coisa você não conseguiu, porque não se organizou. O milagre da multiplicação dos pães veio depois que Jesus mandou que todos se organizassem em grupos de 50 e 100. Quando organizamos, o povo se alimenta e se farta.

Quando Deus quis que o Reino fosse radicado, organizou a equipe de 12 (Lc 6:12). Quando quis que o reino fosse multiplicado organizadamente, tratou com os grupos de 50 (Mc 6:39-41). Quando quis ensinar o controle da multidão, mostrou que podemos organizar grupos de 100, o número do aprisco de Lucas 15:3-7.

Deus não abençoa na desorganização e só teremos projetos de nobreza quando nos organizarmos. "O nobre projeta coisas nobres e na sua nobreza perseverará" (Is 32:8). O Criador, Organizador e o Professor vivem dentro de nós. Ele nos levará a uma organização perfeita para que possamos ampliar o nosso território e viver tudo o que Ele tem para nós. Ele tem-nos prometido dias de avivamento. Deus é tremendo! 

Apostolo Rene Terra Nova


 

EU SOU UMA MULHER AMADA, ACEITA, VALORIZADA, UNGIDA, INTELIGENTE ABENÇOADA, CONTROLADA, MÃE, COMPANHEIRA, ALEGRE, AMIGA, SÁBIA E VITORIOSA EM TODAS AS ÁREAS DA MINHA VIDA.

You Might Also Like

0 Deixe seu comentário

Obrigada pela visita !

Deus te abençoe com toda a sorte de bençãos nas regiões celestiais.

Eu declaro que você viverá dias de alegria,de paz de saúde,de prosperidade,de amor.Nesses dias, o Senhor mudará a sua sorte e a sua boca se encherá de riso e a sua família viverá o melhor de Deus. Em nome de Jesus.