Apostolo Rene Terra Nova Ministrando No Seminario de Honra Quinta a noite

By segunda-feira, março 12, 2012 , , ,


Palavra Ministrada pelo Apóstolo Rene Terra Nova no seminário de Honra.
Palavra Tremenda, não podemos brincar com a Honra ao nosso Deus.
Seja Edificado.





 

EU SOU UMA MULHER AMADA, ACEITA, VALORIZADA, UNGIDA, INTELIGENTE ABENÇOADA, CONTROLADA, MÃE, COMPANHEIRA, ALEGRE, AMIGA, SÁBIA E VITORIOSA EM TODAS AS ÁREAS DA MINHA VIDA.

You Might Also Like

2 Deixe seu comentário

  1. Hierarquia entre os cristãos não tem fundamento.
    Há certos princípios de fé que são incontestáveis para qualquer um que se diz ser cristão.
    D , tais como:
    1º Deus é Senhor do Universo.
    2º Jesus Cristo é Senhor da Igreja.
    3º Os pais são senhores sobre os filhos, respeitando-se, porém, a dignidade e a vida.
    4º O presidente é o chefe da nação, respeitando-se os princípios sociais da nação.
    5º O patrão (senhor) é o chefe do empregado (servo), nos limites do contrato de trabalho.
    Esses princípios estão bem fundamentados:
    1º Deus criou o Universo.
    2º Jesus Cristo salvou a Igreja.
    3º Os pais geraram os filhos e são os provedores do lar.
    4º A sociedade delegou poderes ao presidente.
    5º O patrão é dono da propriedade e por isso pode exigir dos seus empregados.
    Observa-se que a relação de Deus com o universo, e do Senhor Jesus Cristo com a Igreja são hierarquias espirituais e eternas, aceitas por meio da Fé.
    Por outro lado a ralação dos pais com os filhos, do governo com a sociedade, e dos patrões com os empregados, são relações temporais, circunstanciadas e limitadas
    Mas, o que se questiona neste tópico é se há legitimidade bíblica, fundamentação e razoabilidade para alguma hierarquia entre os membros da Igreja. Ou seja, se há fundamentação para que um cristão seja superior a outro.
    E neste quesito, eu digo que não.
    E digo que não porque:
    vamos voltar a simplicidade do nosso mestre
    Jesus disse que não era para ser assim. “os governadores dos gentios os dominam, e os seus grandes exercem autoridades sobre eles. Não será assim entre vós.” Mt. 20.25 e 26
    “O maior entre vós seja o servo de todos.” Lc.22.25-26
    “e todos vós sois irmãos”. Mt. 23.8

    ResponderExcluir
  2. 1º Um corpo não pode ter duas cabeças – A Bíblia diz que Jesus Cristo é o Cabeça da Igreja. E aqui não se fala de igreja institucional. Ou seja, Jesus é superior a qualquer potestade cristã, e cada crente está vinculado diretamente a Ele por intermédio do Espírito Santo. Desta forma, não pode haver intermediários entre o crente e o Senhor.

    2º Um cristão não pode servir a dois senhores. – Ora é impossível a um cristão ser submisso aos líderes cristãos e a Jesus simultaneamente, uma vez que os líderes cristãos podem cometer equívocos que atentam contra a vontade do Senhor Jesus. Desta forma, a submissão hierárquica reportaria em desobediência à vontade superior do nosso Senhor.

    3º Nenhum homem pode provar que recebeu poder delegado do Senhor Jesus para ser chefe dos cristãos. – Para se submeter a alguém que fala por um superior é necessário que haja prova inequívoca da delegação de poder por parte da autoridade superior. O simples fato de alguém pregar eloquentemente, expulsar demônios, operar sinais e prodígios não é evidência suficiente para se determinar que essa pessoa recebeu delegação do Senhor Jesus Cristo para ser chefe sobre os outros cristãos. Podemos até crer que os sinais provenham de Deus. Podemos até crer na sua pregação, se esta for coerente com a Palavra de Deus. Mas, isto não prova que essa pessoa tenha recebido poder de Deus para ser chefe sobre os cristãos. Da mesma forma, a escolha, ou nomeação por outros homens, por mais dignos e sinceros que sejam, não reproduz exatamente o que Deus quer. É impossível alguém provar que possui autoridade de Deus para ser representante de Deus, ou porta-voz de Deus.

    4º Os homens são falhos e limitados e podem conduzir os outros a erros e a enganos. E eu estarei obrigado a seguir as suas “heresias”, se eu estiver obrigado a lhes obedecer.

    5º O homem possui uma natureza egoísta e são astutos – quando recebem poder coercivo, ou autoridade para mandar, frequentemente, utilizam desse poder para explorar o seu próximo. E eu não poderia escapar dessa situação, diante de um pastor corrupto, se eu estivesse obrigado a simplesmente lhe obedecer. Seriam, pois, vãs as recomendações bíblicas para ficarmos atentos contra os “lobos”.

    6º Hierarquia pressupõe leis e rudimentos, mas o cristão é despenseiro da Graça. – Evidentemente hierarquia fala de burocracia eclesiástica, regras, rudimentos e normas que determinam e estabelecem quem pode e quem não pode ser digno dos “degraus” superiores. Isto choca-se com a Lei da Graça. Isto quer dizer que Dons, Ministérios e Talentos são distribuídos gratuitamente pelo Senhor, sem necessidade da aprovação burocrática das instituições. O Espírito Santo que habilita os cristãos não está subordinado à burocracia religiosa.

    7º Cada membro da Igreja é “alimentado” diretamente pelo Espírito do Cabeça que ensina cada um diretamente, Hb. 1015-16 e I Jo. 2.20 e 27. E por isto não precisa de intermediários e nem de mediadores. Se eu não preciso de intermediários; se esses intermediários não podem bloquear, nem impedir a minha comunhão com Cristo; se esses intermediários não podem me causar danos espirituais; esvai-se, por conseguinte, a sua autoridade.

    8º O cristão é recebido perante Deus como Filho, e como tal não precisa de tutores. Precisa, no máximo, de professores. E professores não são comandantes, são conselheiros.

    E se tudo isto não bastar,
    9º Jesus disse que não era para ser assim. “os governadores dos gentios os dominam, e os seus grandes exercem autoridades sobre eles. Não será assim entre vós.” Mt. 20.25 e 26
    “O maior entre vós seja o servo de todos.” Lc.22.25-26
    “e todos vós sois irmãos”. Mt. 23.8

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita !

Deus te abençoe com toda a sorte de bençãos nas regiões celestiais.

Eu declaro que você viverá dias de alegria,de paz de saúde,de prosperidade,de amor.Nesses dias, o Senhor mudará a sua sorte e a sua boca se encherá de riso e a sua família viverá o melhor de Deus. Em nome de Jesus.