O Evangelho que alimenta - Parte 1

By sábado, fevereiro 04, 2012

 





“Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.” (I Pedro 1:16)

Deus quer ministrar à Sua Igreja o Evangelho puro, sem fermento. O Evangelho puro e sem fermento é o que alimenta a nossa vida, família, casa. O Evangelho puro nos leva a entender que precisamos viver uma vida de santidade, como descrito em I Pedro 1:16.

Não podemos viver no evangelho das fábulas. Nossa família não pode viver um evangelho diferente ao que a Palavra ensina. Não podemos caminhar sob mentiras. Porém, somos alertados que, nos últimos dias, os homens viveriam de fábulas, foi o que disse o Apóstolo Paulo, fábulas de velhas loucas, fábulas inventadas.

Um outro evangelho

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.” (II Timóteo 3:1-8)

A Bíblia diz que nos últimos dias os homens viverão o que lhes apraz, serão avarentos, orgulhosos e ambiciosos, amantes do seu próprio ventre. O Cristo que Paulo apresenta e que nós precisamos receber é de um Evangelho puro, não é de um evangelho de fábulas.

É muito fácil criar um evangelho; é fácil ter um evangelho correlato na vida, na casa, na sociedade, nos contextos; um evangelho de facilidades.

Hoje a Igreja está andando na rota inversa do Apóstolo Paulo. O Apóstolo Paulo confrontava as Igrejas e as exortava a viver o Evangelho verdadeiro. Ele entrava de casa em casa e arrancava das casas todos os livros de bruxaria, nova era, encantamentos, mentiras, levava-os para a praça pública e os queimava em atos proféticos, em uma grande fogueira. Paulo era contra tudo que se referia a encantamento e feitiçaria.

Uma diferença do nosso século para o século no qual Paulo viveu é que não podemos mais ter as mesmas atitudes daquela época. Paulo entrava nas casas e tirava os livros de feitiçaria e bruxaria, de nova era. Hoje, para vergonha nossa, encontramos nas livrarias esses livros e não apenas isso, são livros de maior vendagem, comprados, muitas vezes, pelos que se dizem cristãos e que afirmam não haver nenhum problema adquirir certas literaturas.

A Palavra de Deus

Até parece que alguns, dentro da Igreja, já não gostam mais de ouvir a Palavra… Sabe por quê? Porque criaram outros hábitos, hábitos nocivos que causam desprazer, antipatia pela Bíblia. Percebemos esse descaso pela Palavra, notamos no rosto de alguns o cansaço e não é apenas cansaço por motivo de trabalho, muitas vezes é o peso do pecado que entrou por causa das modernidades.

Há discípulos que trocam ministrações sérias, com a vida de Deus, que produzem mudança, pelo discurso novo, humanista, que preenche o próprio ego, a própria vontade. Estes se rebelam. Mas, glória a Deus que, Ele, sendo riquíssimo em misericórdia nos ama e nos permite mudar.

Temos visto que há uma mistura, uma mesclagem, um comércio em torno da vida fácil e que chamam de evangelho, mas não é o Evangelho correto ensinado por Jesus. Homens pregam a automotivação sem essência nenhuma da vida de Deus, contam histórias e fábulas. Nossos jovens e adolescentes estão engalfinhados e está difícil arrancar as feitiçarias do meio das casas e do meio do povo de Deus.

Vencendo o humanismo

O humanismo entrou e o alvo central é o enfraquecimento de dois sacerdócios. E o primeiro sacerdócio que o humanismo quer enfraquecer e tem enfraquecido é a Família; o outro é a Igreja.

1. Sacerdócio familiar

No livro de Malaquias 4:5,6, a promessa é de que o coração dos pais seriam convertidos ao coração dos filhos, e o coração dos filhos seria convertido ao coração dos pais. Deus disse que nos últimos dias derramaria este manto sobre a Terra. E o propósito é para arrancar a maldição de dentro das casas, do meio da terra. Porque o que vemos hoje é o total desrespeito entre pais e filhos.

Por causa da promessa, há uma guerra instalada. E o mercado da feitiçaria, da nova era, por intermédio da mídia digital, entrou nas casas, no seio da família. Está comum, dentro dos lares, encontrar todo tipo de imoralidade sexual, como se não houvesse mais nenhum tipo de temor à Palavra nem ao Senhor da Palavra. Isso é produção do pensamento humanista que permite tudo sem pudor algum.

Vivemos um verdadeiro abuso. As leis querem nos oprimir com o pode e o não-pode. Mas, verdade é que hoje se pode cometer muito mais erros e atrocidades do que antes. A ‘liberação’ do que não devia ser liberado nos assusta. E tudo diante dos nossos olhos.

1.1 O fortalecimento para o anticristo reinar

Tudo que está se desenhando vai fortalecendo uma geração para receber o anticristo. Mas o problema não é essa geração receber o anticristo, são os nossos filhos estarem contaminados com outras doutrinas.

Precisamos estar atentos, conversar mais, dialogar mais, cercá-los mais em amor. Pare um pouco e pense quando foi a última vez que você sentou com seus filhos para gerar relacionamento com eles, para saber os últimos acontecimentos. Não podemos esquecer que eles, assim como nós, ou mais do que nós, precisam ter uma vida de santidade. As tentações que vêm sobre eles são maiores que as nossas, porque as que eles enfrentam nós já vencemos. Portanto, é nossa função exercer autoridade sobre eles.

Não podemos permitir que esse reinado seja fortalecido dentro da nossa casa, debaixo da nossa barba. Ele vai acontecer, mas nós não faremos parte e não compactuaremos com ele. Por isso, pais, sentem em família, conversem muito uns com os outros e se fortaleçam no verdadeiro Evangelho, o Evangelho do Reino.
Continua...


Fonte: Mir


 

EU SOU UMA MULHER AMADA, ACEITA,VALORIZADA,UNGIDA,INTELIGENTE ABENÇOADA, CONTROLADA, MÃE,COMPANHEIRA,ALEGRE,AMIGA,SÁBIA E VITORIOSA EM TODAS AS ÁREAS DA MINHA VIDA.

You Might Also Like

0 Deixe seu comentário

Obrigada pela visita !

Deus te abençoe com toda a sorte de bençãos nas regiões celestiais.

Eu declaro que você viverá dias de alegria,de paz de saúde,de prosperidade,de amor.Nesses dias, o Senhor mudará a sua sorte e a sua boca se encherá de riso e a sua família viverá o melhor de Deus. Em nome de Jesus.