Pagando a dívida da alma

By terça-feira, dezembro 20, 2011 ,





Oi amados, o congresso de solteiros foi uma benção, compartilho com vocês mais uma ministração deste maravilhoso congresso.




Por: Apóstolo Renê Terra Nova

Que Congresso! Deus preparou este ambiente para mudar a sua vida.

O casamento deve acontecer em um dia programado, sonhado e realizado no tempo de Deus. Claro que, se você vê que não é o momento, não deve casar. Você não pode ser adulto e casar com uma pessoa imatura, é o mesmo que casar uma criança com um adulto. Isso é desequilíbrio, desnível, por causa das emoções infantis.

Há casais que brigam por tudo, até por motivos banais, que podem passar despercebidos. Necessitamos amadurecer e receber libertação e cura em todos os desajustes de alma. Quando isso não acontece, o resultado é um casamento frustrado.

Às vezes, porque dizemos a alguém que o casamento não vai dar certo porque um dos dois é desajustado, como se duas crianças fossem casar, eles não aceitam. Mas é porque vemos que a alma dessas pessoas não amadureceu. Eles amadureceram na idade, mas não nas emoções. O raciocínio não responde de forma adulta. E é por isso que muitos casados vivem como solteiros.

O que faz com que a Igreja de Cristo não obtenha sucesso em muitos casamentos realizados é porque adultos têm casado com crianças e não há ninguém empenhado em promover ajuste na alma dessas pessoas. Quando amadurecermos, Jesus volta para casar com a Sua Noiva.

Há um paralelo entre Isaque e Rebeca. Ele só pôde casar quando estava adulto, com 40 anos. Mas é porque naquela época, casar com 40 anos representava poder, domínio, governo. E a Bíblia diz que Rebeca vinha montada em um camelo, e Isaque, quando a viu de longe, a amou. Agora como amar uma mulher que ele não conhecia e que escondia o rosto e o corpo? Isso é equilíbrio emocional.

Muitos estão esperando pela pessoa perfeita e como ela não existe, permanecem solteiros. Na verdade, a perfeição que essas pessoas esperam é o que não conseguem resolver em si mesmas. Que bobagem! O que devemos buscar no outro não é a beleza exterior, mas a essência de Deus, a responsabilidade de estar aberto para crescer e remover os desajustes.

Deus não quer que fiquemos estacionados em fases da nossa vida. Deus quer nos curar e nos tirar para fora. E, nesse período, estamos dissecando a vida de Esaú, homem rico, bonito, mas endividado.

Existem dívidas que os pais colocam em nós, outras, nós mesmos contraímos. Vemos isso claramente, desde o início da Bíblia, através da vida de Caim, que tinha uma alma homicida. Ainda não havia morte na terra e ele decidiu matar seu irmão Abel.

Esaú, da mesma forma, ele se fez doente, assim como na Equipe de Jesus, Judas se fez traidor (Lucas 6:13).

Você não precisa andar endividado. Se você decidir ser liberto, você será liberto. Se você decidir ser curado, você será curado. Se você decidir ser restaurado, você será restaurado. Tudo na vida é uma decisão.

O próprio Deus veio até Caim e disse a ele que se ele se arrependesse tudo poderia mudar. Deus perguntou a ele por que seu semblante estava caído. Caim decidiu se tornar vagabundo e errante, é o que a Palavra de Deus diz. Contudo, Caim foi e habitou em uma cidade chamada Enoque e o filho dele, Jubal, foi Pastor. De onde menos se espera, Deus faz grandes milagres.


Pague a dívida da alma

Pague a dívida da alma porque você nasceu para dominar e não para ser dominado. Você nasceu para fazer a diferença e deve ser procurado como solução. Você é a diferente para fazer a diferença. E por onde você passar, as pessoas serão mudadas, transformadas e restauradas, porque de você fluirá avivamento.

Pare de ficar pesquisando quem feriu a sua alma. Quando um doente chega ao hospital, não interessa quem foi que o feriu, mas tratar a ferida até que seja curada.

Há pessoas que passam a vida toda maltratando o cônjuge porque querem pagar a dívida que foi adquirida tempos atrás. Outros são casados, mas não são casados. E há os que se separaram e, quando lembram do casamento, choram, porque viveram como que em cadeias.

É você quem decide se será livre e vai libertar outros ou alguém que faz de outro refém. Jesus veio à terra para fazer de nós pessoas livres com vida saudável. Vá ao sacerdote e busque sua mudança de sorte. Você tem direito a ser feliz, Jesus conquistou esse direito na Cruz.

A alma, depois do pecado, só sustenta palavras de misérias, de morte, decretos de destruição, por isso que o Último Adão veio para reconstruir a alma. E quando Ele gritou na Cruz: ‘Está tudo consumado!’ representava que Ele havia conquistado o direito de sermos curados, vivermos sem dívidas.

Toda dívida Jesus pagou na Cruz do Calvário. Não vivemos mais debaixo de sentença. A dívida está paga, só que o mundo espiritual da maldade trabalha plantando semente, dizendo que você é uma pessoa que você sabe que não é, mas como sementes dão fruto, muitos acabam acreditando e se tornando exatamente o que estão ouvindo que são.

Você pode dançar muito na presença do Senhor, não porque você já encontrou alguém para completar a sua vida, mas porque você se encontrou com você mesmo, através de Jesus, e Ele lhe concedeu uma alma livre das sentenças mentirosas que plantaram na sua vida.

A Bíblia nos ensina a mortificar as obras da carne para vivermos o Fruto do Espírito e isso só é possível quando decidimos viver sem dívidas na alma, aceitando os milagres e o sobrenatural de Deus sobre nós.

Um dia um homem na Bíblia fez um projeto para ser carnal. Ele disse que ia comer, beber, regalar a alma e construir celeiros, mas ouviu: ‘Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens, para quem será?’ (Lucas 12:16-21). Jesus nos ensina que não podemos fazer projetos carnais, temos a mente de Deus e precisamos revelar uma mente de relevância que vai mudar a nossa história e a história de muitos.

A mente ou é cheia de coisas insignificantes ou relevantes. A mente sem dívida, quando fala, é para abençoar outros, de forma que vejam que somos de Deus e que a palavra que sai da nossa boca é poder, vida e autoridade.

A alma é o nosso celeiro, por isso Deus perguntou àquele homem qual era o tipo de patrimônio que guardaria no celeiro.

Precisamos pagar as nossas dívidas. Mas como pagar dívida? É muito além de passar um cartão. Jesus rasgou na Cruz toda dívida que era contra nós. Está paga toda a dívida contra as nossas vidas.

Um dia você sairá de casa sorrindo, voltará sorrindo, vai orar sorrindo, isso quando a cura se manifestar integralmente em sua vida. Você pode viver restituído. Dívida emocional não se paga com dinheiro, se paga com cura nas emoções.

É chegado o tempo terapêutico de Deus na Igreja para que vivamos sorrindo por causa da alegria de Deus em nossas vidas.

Dívida emocional se paga com liberação emocional, um pedido de desculpa e de perdão, e liberação. Oseias 6:1-3 diz que quem abriu a ferida é que deve sarar. E em Jeremias diz que a presença do Senhor será a nossa retaguarda.

Não precisamos viver com nenhuma dívida na alma, nenhum tipo de opressão. Você será uma nova história de Deus escrita aqui na Terra. Deus não quer que sejamos desordenados na alma, pois levamos esse desajuste para o casamento.

Os solteiros têm que ser como Isaque e Rebeca; eles decidiram esperar e seguir o conselho dos pais. Eles esperavam que a mesma semente se repetisse nos filhos, mas nem Jacó nem Esaú seguiram os mesmos passos. A Bíblia diz que Esaú foi atrás de uma mulher que seu nome era Judite, que significava vazia, um poço sem água ou amargura de poço. E isso gerou tristeza para os seus pais. A outra mulher com quem Esaú casou, Basemate, fragrância dos deuses ou cheiro das entidades.

Rebeca ficou tão triste com os casamentos de Esaú que disse que estava a ponto de morrer. Mesmo assim, Esaú insistiu em alianças erradas e em adquirir maldições. E apesar de não haver motivos para ferir a alma dos pais, Esaú contraiu dívidas, de forma a viver endividado emocionalmente, a tal ponto que irritou a Deus.

Nossos desníveis emocionais chegam a irritar a Deus, como está escrito em Malaquias 1:1-3. As doenças emocionais são vergonha para os céus, por causa dos desenfreios da alma. Mas Deus disse que a maldição de Esaú não chegaria a nossas casas.

Isaque e Rebeca não se inflamaram por acaso, mas por causa do histórico das mulheres que ele casou. Uma pessoa mal resolvida emocionalmente não apenas é doente, mas adoece todos que estão ao seu redor. Só que assim como Esaú foi usado para ferir o povo, Jacó foi usado para sarar o povo.

Decida não viver endividado. Fique com a promessa de Deus, pois é respaldo para curar a sua alma. Só o que pode anular a promessa é a desonra. A atitude de desonra anula a promessa. A desonra é a única semente que tem poder de apagar uma promessa.

Endividados de alma não sustentam a promessa, por isso precisamos pagar todas as dívidas de alma. A rota da honra é o arrependimento.






EU SOU UMA MULHER AMADA, ACEITA,VALORIZADA,UNGIDA,INTELIGENTE ABENÇOADA, CONTROLADA, MÃE,COMPANHEIRA,ALEGRE,AMIGA,SÁBIA E VITORIOSA EM TODAS AS ÁREAS DA MINHA VIDA.

You Might Also Like

0 Deixe seu comentário

Obrigada pela visita !

Deus te abençoe com toda a sorte de bençãos nas regiões celestiais.

Eu declaro que você viverá dias de alegria,de paz de saúde,de prosperidade,de amor.Nesses dias, o Senhor mudará a sua sorte e a sua boca se encherá de riso e a sua família viverá o melhor de Deus. Em nome de Jesus.